Buscar
  • Osires Damaso

OSIRES DAMASO SOBE NO RANKING DE CONFEDERAÇÃO E É O QUARTO PARLAMENTAR MAIS MUNICIPALISTA DO BRASIL



O deputado Osires Damaso (PSC/TO) subiu no ranking na Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e agora é considerado o quarto parlamentar mais municipalista do Brasil com 442 pontos. Na rodada anterior o parlamentar ocupava a quinta posição e 410 pontos. Damaso continua como o parlamentar mais municipalista do Tocantins dentre toda a bancada federal.


O ranking da CNM “Observatório Político” visa identificar e classificar os deputados federais e senadores com o perfil que atua em consonância com os interesses dos Municípios. No Tocantins, em segundo lugar vem o deputado Carlos Henrique Gaguim (420 pontos), deputada Dulce Miranda (404 pontos), Tiago Dimas (392), Vicentinho Junior (360), Professora Dorinha (348), Eli Borges (332) e Célio Moura (316). Os senadores Eduardo Gomes, Kátia Abreu e Irajá têm 384, 360 e 324 pontos respectivamente.


“Saber que continuo como o parlamentar mais municipalista do Tocantins e o quarto do Brasil só renova as minhas energias para continuar fazendo o meu trabalho em prol do nosso Estado”, disse Damaso.


O Observatório Político faz frequentemente um levantamento que avalia o voto dos deputados e senadores em matérias de interesse da sociedade e dos municípios. Ele fornece aos prefeitos informações seguras sobre as proposições mais relevantes para a gestão municipal. São projetos que tratam de políticas públicas, tanto de caráter regulatório quanto redistributivo, que afetam direitos e interesses dos gestores municipais e, naturalmente, dos munícipes.


Todas as proposições consideradas na avaliação, assim como o posicionamento do movimento municipalista sobre os temas, são divulgados pela CNM em seu portal na internet, assim como no Observatório Político. Os dados de votação utilizados são extraídos do Portal do Congresso Nacional, nos sites da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

As informações podem ser conferidas no site http://www.politico.cnm.org.br/

11 visualizações0 comentário