Buscar
  • Osires Damaso

DEPUTADO OSIRES DAMASO VISITA OBRAS DO HOSPITAL DE AMOR DO TOCANTINS

Atualizado: Jul 12



Na manhã desta sexta-feira, 09, o deputado federal, Osires Damaso (PSC), visitou as obras do Hospital de Amor do Tocantins em Palmas. Como parlamentar federal, Damaso já destinou mais de R$ 2 milhões para ajudar na construção do hospital, anteriormente, conhecido como Hospital de Câncer de Barretos. Ainda como deputado estadual, Damaso também teve a oportunidade de destinar outros R$ 250 mil em 2018.


Durante a visita, o deputado conheceu os espaços que já estão finalizados e equipados e os que estão em fase de finalização, acompanhado do engenheiro e gerente administrativo da obra, Gustavo Ruza e da Arquiteta e Urbanista e também uma das idealizadoras do hospital no Tocantins, Mônica Avelino Arrais.


Na oportunidade, Damaso também recebeu o “Certificado Amigo do Hospital de Amor” em agradecimento às emendas destinadas à obra.




“Rebo este certificado com muita alegria. É uma grande satisfação contribuir com o tratamento das pessoas que possuem alguma doença oncológica. Perdi minha mãe e dois irmãos para essa doença e sei o sofrimento que ela causa”, disse o parlamentar mencionando os mais de R$ 2 milhões destinados ao hospital por meio de emenda parlamentar individual.



“Sobrevivemos graças a essas parcerias. Esse dinheiro nos dá a esperança de continuarmos a obra”, disse Gustavo Ruza afirmando que o hospital vai mudar a história do câncer no Tocantins. “Hoje, dados mostram que 77% das mulheres que apresentam câncer de mama, por exemplo, já chegam, ao hospital, com a doença em um estágio avançado, o que representa apenas 45% de chance de cura”, observou.


Obra


Segundo Ruza, ao todo, 20% do hospital já foi concluído e a previsão é que, ainda no primeiro semestre de 2022, a parte hospitalar diurna para pequenos procedimentos e a ambulatorial sejam inauguradas.


Carretas




O Hospital de Amor do Tocantins já conta com três carretas que percorrerão, a partir do mês que vem, os 139 municípios do Estado com o objetivo de mapear a população feminina por meio de exames preventivos. “Caso seja identificada alguma alteração, a mulher será direcionada ao hospital para realizar um diagnóstico mais preciso”, explicou Ruza dizendo que, no futuro, também haverá carretas para atender ao público masculino.


Mesmo sem a obra completamente finalizada, o hospital já recebe o público feminino, pois conta com equipamentos de exames preventivos como mamógrafo e colposcópio (colposcopia). A colposcopia é indicada nos casos de resultados anormais do exame papanicolau ou se, durante o exame ginecológico, foi notada alguma alteração.


Nara Moura

18 visualizações0 comentário